Escolhendo móveis planejados

Classifique este artigo
(3 votos)
30
Nov
2016

 

Quando reformamos a casa, principalmente se for uma reforma pontual, sem alterações profundas na estrutura, fazemos algumas economias para que a reforma não passe a custar os “olhos da cara”. Assim também é com a decoração do ambiente, que ao invés de ficar por conta de um profissional da área acaba sendo decidida pelos próprios donos, que negociam novos móveis e acessórios junto às empresas. E não há nada de ruim em decorar a própria casa, sem ajuda profissional, desde que haja bom senso na escolha do que tem ou não tem lugar na decoração da casa.
Uma das principais dicas é ficar atento à decoração para a compra dos móveis planejados, principalmente em casas novas. Esse tipo de móvel é programado e, na maioria das vezes, tem design exclusivo. Mesmo assim o decorador, amador que seja, não pode deixar de atentar para o fato de que ele precisa ser condizente com a decoração escolhida para não destoar completamente do resto do ambiente. Já pensou em uma cozinha em tons de azul com os armários verde limão? Não parece tão bonito fora de um museu de arte moderna…
Escolher os móveis planejados é o primeiro passo da reforma por uma decoração mais agradável, e não é difícil pensá-lo de forma a combinar com o ambiente como um todo. É só refletir: se a decoração for mais básica, os móveis podem ser mais ousados. Se a decoração for mais despojada, diferente, é hora dos móveis serem de um modelo mais básico e neutro, que possa combinar com tudo.
Nesse caso o estilo dos donos do imóvel deve ser levado em consideração, já que não são só alguns móveis que podem ser planejados, mas sim todos da casa. Nesse momento do planejamento, quem puder pagar pela ajuda profissional pode não só ter a melhor consultoria no assunto como, também, ter o design exclusivo do móvel pensado, principalmente para salas e quartos. De nada adianta combinar móveis e decoração se o estilo dos donos ficar de fora do jogo. É preciso, então, levar em consideração o perfil de quem mora na casa para poder imprimir à decoração mais atitude e personalidade.